O presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, recebeu na manhã desta sexta-feira (15) pedido de apoio da Associação dos Municípios da Região Carbonífera para que o Hospital de Caridade de São Jerônimo tenha estrutura para tratar casos graves de coronavírus. Prefeitos da região pedem que o deputado interceda junto ao governador Eduardo Leite para a instalação de 10 leitos de UTIs e de 40 leitos clínicos de isolamento.

A demanda foi levada pela entidade, que compreende os municípios de Arroio dos Ratos, Barão do Triunfo, Butiá, Charqueadas, General Câmara, Minas do Leão, São Jerônimo, Triunfo e Vale Verde). Todos têm como referência em saúde o Hospital de Caridade. Segundo documento entregue ao parlamentar, a instituição não possui estrutura para atender casos de alta complexidade da Covid-19, uma vez que não dispõe de leitos de UTI e respiradores. “Em um momento de calamidade pública na saúde, o hospital não dispõe de equipamentos fundamentais. Assim, o paciente precisará recorrer a instituições distantes, sobrecarregando ainda mais a rede de cidades como Porto Alegre”, diz o prefeito de Minas do Leão e presidente da associação, Miguel de Souza Almeida.

O investimento para a criação dos leitos é estimado pelo hospital em R$ 4,24 milhões, sendo R$ 2,25 milhões para os leitos clínicos e R$ 1,98 milhão para a UTI. Preocupado com a demanda da região Carbonífera, o presidente da Assembleia Legislativa se comprometeu a levar o assunto ao governador Eduardo Leite e à secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.