Está marcada para 12 de março, às 10h, em Brasília, o início de uma mobilização conjunta dos 16 Estados que têm direito a receber ressarcimentos de créditos da Lei Kandir. A reunião foi pensada pelo presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, Ernani Polo (PP), após conversa com a presidente da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), Ivana Bastos (PSD/BA), e com o presidente do Colegiado de Presidentes das Assembleias Legislativas do país, Lissauer Vieira (PSB/GO). O objetivo é estabelecer uma campanha unificada pelo ressarcimento, ao invés de mobilizações individuais e menos expressivas.


“A partir desse encontro, faremos uma mobilização em cada Estado, envolvendo governadores, presidentes dos Tribunais de Justiça, procuradores-gerais de Justiça, deputados estaduais, federais e senadores e entidades do setor privado”, explicou o presidente do Legislativo gaúcho.
Polo disse que, posteriormente, será solicitada uma audiência conjunta dos 16 Estados com o presidente Jair Bolsonaro para tratar do assunto e entregar um documento com o pleito. Ele comentou, ainda, que falou com o governador Eduardo Leite sobre o assunto nesta quinta-feira (13), obtendo uma sinalização positiva para o movimento.