Deputado Ernani Polo coordenou reunião sobre telefonia móvel no Estado

Deputado Ernani Polo (PP) espera obter detalhamento concreto das ações em melhoria da infraestrutura de telefonia móvel para o Estado

Em reunião realizada nesta quarta-feira (12), na Assembleia Legislativa, promovida pela Frente Parlamentar em Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica e Telefonia, os integrantes do grupo de trabalho criado para acompanhar as ações em telefonia móvel no RS receberam os planos de investimentos das operadoras para o Estado. A medida havia sido acordada durante audiência pública realizada na AL-RS, com a presença do presidente da ANATEL João Rezende. O coordenador da Frente, deputado Ernani Polo (PP), reforça que a iniciativa foi um passo a mais para um acompanhamento detalhado das iniciativas das operadoras. O deputado sugeriu que todas as operadoras utilizem mecanismos já usados pela Claro e Tim, através de um sinal sonoro, que identifique para qual operadora o consumidor está ligando “ Isto serve de mecanismo para que o usuário saiba se está ligando para um telefone de uma mesma operadora ou não. Assim terá um controle do que gasta”, afirma Ernani Polo.

O grupo, que é formado por representantes dos Ministérios Públicos estadual e federal, OAB, FIERGS, PROCON, UVERGS, defensoria pública estadual, FARSUL, FAMURS, FECOMERCIO, FETAG, Sinditelebrasil, gerência regional da ANATEL e parlamentares, teve acesso aos planos de investimentos da Tim, Claro, Vivo e Oi para o RS. O objetivo é que, a partir de agora, seja realizado um acompanhamento de ações concretas, no sentido de garantir qualidade no serviço, bem como uma maior abrangência do sinal.

A Frente Parlamentar também recebeu do Sinditelebrasil a relação dos municípios gaúchos que possuem legislações que dificultam a instalação de novas antenas.

Os principais pontos levantados durante o encontro foram relacionados às legislações municipais, que, de acordo com o Sinditelebrasil, atravancam a instalação de novas antenas e a elaboração de um plano padrão, com os serviços básicos oferecidos por todas as operadoras de telefonia móvel. A diretora do PROCON de Porto Alegre, Flávia do Canto Pereira, afirmou que o órgão seguirá acompanhando os reflexos das últimas ações junto as operadoras, para obter um diagnóstico mais preciso da reação dos consumidores, projetando para o final do ano a elaboração de um relatório completo.

“ Recebemos os planos das operadoras e agora vamos avaliá-los no grupo de trabalho. Queremos saber específicamente o montante, qual será o investimento em equipamentos, redes e antenas para que, principalmente regiões hoje desabastecidas ou com sinal precário tenham a devida cobertura. Na próxima reunião do grupo de trabalho queremos detalhes concretos da aplicação dos investimentos. Esta reunião com as operadoras foi importante, pois todas vieram e estão dispostas a fazer um trabalho conjunto”, avalia o deputado Ernani Polo.

Foi marcada nova reunião com o grupo de trabalho para que já sejam apresentados, pelas operadoras, investimentos aplicados e em quais localidades.