Deputado Ernani Polo ressalta investimentos porém reafirma necessidade de redução de tarifas

Iniciativa anunciada pelo governo estadual vai ao encontro de pleitos solicitados pela Frente Parlamentar em Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica e Telefonia

Foi anunciado na última segunda feira (13), pelo Comitê de Planejamento Energético do RS (Copergs), investimento de R$ 1 bilhão por parte das concessionárias para a melhoria dos serviços prestados em energia elétrica no meio rural. A verba será destinada à construção e melhorias de subestações e implantação de redes de transmissão. Entretanto, as concessionárias informaram que o custo será repassado aos consumidores.

A medida contempla os pleitos solicitados pela Frente Parlamentar em Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica e Telefonia da AL-RS. De acordo com o coordenador da Frente, deputado Ernani Polo, o abastecimento energético rural ainda deixa a desejar, “Mesmo quando a luz chega até a propriedade, a qualidade é péssima, os agricultores não têm potência suficiente para manter o resfriamento de seus produtos e outros equipamentos como ordenhadeiras”, ponderou o corrdenador da Frente, deputado Ernani Polo. “ De qualquer forma vemos que há movimentos de investimentos para suprir esta carência grave, que emperra o desenvolvimento do Estado e sua competitividade. Percebemos que estas iniciativas vão ao encontro dos pleitos levantados pela Frente Parlamentar em Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica e Telefonia, o que significa que as ações estão dando resultados. Porém queremos além dos investimentos em melhoria dos serviços também redução das tarifas, que são pesadas e oneram consumidores residenciais e industriais”, finaliza o deputado Ernani Polo.

O Governo do Estado deverá investir R$ 284,7 milhões, e o restante será dividido entre AES Sul, RGE e Federação das Cooperativas de Energia, Telefonia a Desenvolvimento Rural do Estado (Fecoergs).