“É preciso acabar com o preconceito contra o empreendedor”, diz Ernani Polo em evento do Lide na Serra

Com uma plateia formada por empresários e lideranças, o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), participou, na manhã deste sábado, do Fórum de Desenvolvimento Lide Bento Gonçalves, na Serra. Em sua fala, defendeu que é preciso desmistificar a ideia de parte da sociedade contra quem empreende, como se os empresários sempre estivessem fazendo algo de errado em suas atividades. “É preciso acabar com o preconceito contra o empreendedor”, afirmou. Para ele, o empreendedorismo é a força capaz de gerar emprego, renda e desenvolvimento para o Rio Grande do Sul.

O parlamentar participou do painel Rio Grande do Sul e Brasil 2020, Desafios e Oportunidades ao lado do secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, com mediação de Rogério Capoani, presidente do CIC (Centro da Indústria, Comércio e Serviços) de Bento Gonçalves.

Polo abordou propostas para a desburocratização, como seu projeto de lei que pretende regulamentar o processo administrativo no âmbito do governo estadual, a fim de estabelecer prazos para que o Executivo responda a solicitações dos cidadãos, além de criar câmaras de conciliação de conflitos. O presidente da Assembleia também relatou que sua marca de gestão na Casa é a competitividade, com o propósito de melhorar a posição do Rio Grande do Sul nos rankings nacionais.

Em seu discurso, o parlamentar ainda pediu que os empresários participem da política: “Não só como candidatos, mas apoiando pessoas de bem a participarem da política. Ajudem a eleger bons vereadores e prefeitos. As coisas só mudam pela política”, frisou.

O evento foi promovido pelo Grupo Lide do RS com apoio do CIC e da Prefeitura de Bento Gonçalves. O Lide é uma associação de empresários que tem como objetivo incentivar e promover o relacionamento e os princípios éticos de governança e respeito ao meio ambiente no Brasil. Fundado em São Paulo, o Lide expandiu sua iniciativa para outros 12 Estados e em países como Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Uruguai, Estados Unidos, México, Alemanha, Itália, Portugal, Suíça, Mônaco, Angola, Marrocos, Moçambique e China.

Participou do evento o deputado federal Bibo Nunes (PSL).