Deputado Ernani Polo acompanha ações para recuperação das ferrovias no RS

Parlamentar esteve na sexta feira (29) com o deputado federal Jerônimo Goergen no ministério público federal, exigindo o cumprimento pela ALL da resolução nº 124 na ANTT

O trabalho da Frente Parlamentar Mista das Ferrovias do Congresso Nacional é acompanhado de perto pelo deputado estadual Ernani Polo (PP), que está apoiando as iniciativas concretas já alcançadas na recuperação das malhas ferroviárias no país, principalmente no RS. Na sexta feira (29) o parlamentar esteve acompanhando o deputado federal Jerônimo Goergen (PP) no ministério público, onde foi solicitada a urgência no cumprimento da resolução nº 124 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que determinou que as concessionárias, dentro de 60 dias, regularizem trechos e ramais subutilizados ou sem trafego de cargas.

“ Este é um pleito que levamos já há algum tempo, ao então ministro dos Transportes Alfredo do Nascimento, onde apresentamos uma série de denúncias referentes a atuação das empresas concessionárias, América Latina Logística (ALL), Transnordestina e Ferrovia Centro-Atlântica. Especialmente no RS a ALL não cumpre com a meta da recuperação e investimento nas malhas ferroviárias, em um claro desleixo com o patrimônio público. Pedimos ao ministério público que atue para cobrar a urgência do cumprimento da determinação da ANTT”, diz o deputado Jerônimo Goergen.

O deputado Ernani Polo reforça as ações regionais para que o trabalho da Frente Parlamentar encontre eco na sociedade e também no parlamento gaúcho, para que as ferrovias sejam novamente reativadas no Estado: “ Acompanhamos os trabalhos para a implantação da Ferrosul e da extensão da ferrovia Norte Sul no RS, que já possui avanços, com o encaminhamento dos estudos de viabilidade. Agora queremos que a concessionária aqui no Estado cumpra o seu dever, sob pena de perder malhas concedidas. Estaremos atuando junto ao MP para que cobre, fiscalize e encaminhe punições caso a resolução não seja atendida no prazo estipulado”, dia o deputado Ernani Polo.

Esta decisão da ANTT, reabre o debate em que no caso de as empresas não cumprirem os contratos integralmente, as concessões sejam revistas.

CONFIRA QUAIS SÃO OS TRECHOS NO SUL DO PAÍS:

ALL – MALHA SUL

Maringá – Cianorte; 92 km – ALL Malha Sul;

Santo Ângelo/Cerro Largo/ São Luiz Gonzaga; 106 km – ALL Malha Sul;

Santiago – Dilermando Aguiar; 142 km – ALL Malha Sul;

Entroncamento – Livramento; 156 km – ALL Malha Sul;

Presidente Epitácio – Presidente Prudente; 104 km – ALL Malha Sul;

Morretes – Antonina; 16 km – ALL Malha Sul;

Santiago – São Borja; 160 km – ALL Malha Sul;

Marques dos Reis – Jaguariaíva; 210 km; ALL Malha Sul;

Passo Fundo – Cruz Alta; 194 km; ALL Malha Sul;

Mafra – Porto União: 242 km; ALL Malha Sul;

Porto União – Passo Fundo; 173 km; ALL Malha Sul;

São Luiz Gonzaga – Santiago: 115 km; ALL Malha Sul;

Ramal de Cachoeira do Sul; 6 km; ALL Malha Sul;