Deputado Ernani Polo solicitou audiência para discutir crise suinícola

Comissão de Agricultura irá buscar medidas junto aos governos estadual e federal para fortalecer setor

Em reunião ordinária realizada nesta quinta-feira (21), a Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooparativismo da Al-RS aprovou audiência pública, solicitada pelo deputado Ernani Polo, para debater as dificuldades enfrentadas pelos produtores de suínos do RS, que sofrem prejuízos com os altos custos de produção, o baixo valor pago pelo suíno e também pelos reflexos nas vendas, devido aos embargos realizados ao produto brasileiro por países importadores como China, Rússia e Argentina. “ Estamos visualizando em nossas viagens pelo interior gaúcho a situação crítica na qual se encontram os suinocultores gaúchos, que sustentam a cadeia e enfrentam os altos custos de produção. Vamos discutir e preparar medidas de mobilização para levarmos ao governo federal, para que exista uma postura firme sobre os embargos, pois não podemos permitir esta situação, onde o produtor não consegue ter renda na atividade”, avalia o presidente da CAPC, deputado Ernani Polo. A audiência será realizada no próximo dia 2 no espaço da convergência da Assembleia.

Para o presidente da Associação dos Criadores de Suínos do RS (ACSURS), a grave crise que os suinocultores enfrentam precisa ser combatida urgentemente: “ Os produtores estão trabalhando com custo bem acima do que vem recebendo pelo suíno. Os valores para produzir um quilo de suíno no RS giram em torno de R$ 2,60, porém o produto é comercializado entre R$ 1,70 a R$ 1,80 reais o quilo. Portanto é importantíssimo levar esta situação ao conhecimento da assembleia, para fazermos um debate interno e a partir daí deliberar pleitos para apoio em relação a isto. O consumidor que para caro pelo produto lá na ponta e o produtor não tem rentabilidade. Quem é que está ficando com esta diferença?”, diz Valdecir Folador

O Presidente da ACSURS também convoca os produtores para uma mobilização nacional, no próximo dia 12/07, onde haverá audiência pública no Senado Federal reunindo os suinocultores brasileiros através da ABCS. “ Necessitamos também da reorganização da cadeia de suinocultures do Brasil, pois o produtores é que carregam todo o prejuízo das questões da exportações e da produtividade”, segue Folador.

“ A suinocultura do Estado chegou ao fundo do poço. Esta audiência na Assembleia será muito importante para buscarmos alternativas que tragam remuneração justa aos nossos produtores, que estão perdendo com o preço do porco, já que enfrentamos embargos chineses, argentinos e russos. Queremos posições concretas dos governos estadual e federal para solucionar o impasse vivenciado pelos pequenos produtores, que historicamente sustentam este setor no Rio Grande”, avalia o presidente da AL-RS, deputado Alexandre Postal.