Os 412 municípios gaúchos que decretaram situação de emergência devido à estiagem dos últimos meses receberão recursos para perfuração de poços, abertura de microaçudes e construção de redes de água. No fim da manhã desta quarta-feira (15), o governador Eduardo Leite fez o anúncio de ações e de recursos para o Plano de Enfrentamento à Estiagem. Do total de R$ 55,1 milhões anunciados, R$ 10 milhões serão repassados pela Assembleia Legislativa.

A autorização para o repasse dos recursos do Parlamento foi tomada em reunião da Mesa Diretora da Casa, coordenada pelo presidente Ernani Polo. Com a verba do orçamento do Legislativo, será possível abrir 1.025 microaçudes em 102 municípios e 55 poços artesianos em 55 municípios. O restante dos recursos virá de emendas parlamentares (R$ 29,1 milhões), do Ministério do Desenvolvimento Regional (R$ 6 milhões) e do governo do Estado (R$ 10 milhões).

“Esse momento é a demonstração daquele ditado de que a união faz a força”, disse Ernani Polo, antes de agradecer aos colegas parlamentares que se mobilizaram para que a Assembleia Legislativa destinasse os R$ 10 milhões. A solicitação de recursos partiu da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia, com a assinatura dos integrantes do colegiado. A solicitação de apoio também foi reforçada ao presidente Polo por meio de ofício encaminhado pelo secretário de Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal.

Leite agradeceu o apoio dos parlamentares, destacando “o discurso e o trabalho conjunto neste momento”. Polo ainda usou sua fala para manifestar ao governador a necessidade de recuperação das estradas vicinais do interior que foram destruídas nas recentes chuvas, pois são vias que ajudam a escoar a produção agrícola e no deslocamento de famílias que vivem no campo.

Confira a lista com os municípios beneficiados aqui:

https://www.estado.rs.gov.br/upload/arquivos//plano-de-trabalho-estiagem.pdf