Em visita de cortesia ao novo presidente da Assembleia Legislativa, na manhã desta segunda-feira, o governador Eduardo Leite se colocou à disposição para contribuir com o debate pela competitividade proposto pela gestão de Ernani Polo. O presidente destacou ao governador a necessidade de melhorar a posição do Rio Grande do Sul nos indicadores de competitividade para criar um “terreno mais fértil para investimentos”. Um exemplo citado foi o do projeto de lei que regula o processo administrativo, apresentado pelo parlamentar no ano passado, que reduz a burocracia, proporciona maior segurança jurídica e torna mais célere e aumenta a eficiência da atividade administrativa. “A burocracia é inimiga da competitividade”, diz Polo.


Leite comentou que a bandeira da nova gestão da Assembleia também é trabalhada no governo do Estado. Falou do projeto Descomplica RS, que busca desburocratizar serviços públicos, revisar e revogar legislações obsoletas. “Conte conosco neste sentido. Quero colocar toda a minha equipe à disposição”, disse o governador, acrescentando que, assim como Polo, usa os indicadores do Centro de Liderança Pública (CLP) para nortear a gestão. Ambos falaram da continuidade do programa conjunto CresceRS, que monitora projetos importantes para o Rio Grande do Sul.


Polo falou da importância do diálogo e da harmonia para a busca de soluções, mas destacou a independência entre os Poderes. Ao lado do líder do governo na Assembleia, Frederico Antunes (PP), e deputados que compõem a Mesa Diretora– Zilá Breitenbach (PSDB), Franciane Bayer (PSB) e Dirceu Franciscon (PTB) – o presidente da Assembleia reforçou ao governador a disposição do Parlamento de se mobilizar por possíveis créditos da Lei Kandir. Leite concordou com a discussão, embora tenha ponderado que não pode adiar soluções para os problemas do Estado. Segundo ele, novos projetos, como a reforma tributária, serão encaminhados ao longo do ano. Leite ainda se colocou à disposição dos deputados estaduais para receber pautas e contribuições.


Na sala da Presidência, Polo apresentou ao governador os novos superintendentes do Parlamento: Alvaro Salomon Abi Fakredin (Superintendência Geral), Fernanda Schnorr Pagliolli (Legislativa), André Petry (Administrativa e Financeira) e André Machado (Comunicação e Cultura). Leite esteve acompanhado do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e da secretária de Comunicação, Tânia Moreira.