Na manhã desta quinta-feira (4/3), aconteceu de forma remota a primeira reunião ordinária de 2021 da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo da Assembleia Legislativa.
Durante o encontro virtual, os membros do órgão técnico votaram e elegeram – para o biênio 2021-2022 – o deputado Adolfo Brito para seguir na presidência da Comissão e o Deputado Ernani Polo para vice-presidente.

Em assuntos gerais, o deputado Ernani Polo manifestou preocupação com os servidores Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) Superintendência/RS, que juntos somam aproximadamente 1.200 profissionais, e também dos servidores da Emater, que estão desempenhando atividades de forma presencial, e convidou os demais membros da Comissão a apoiar a solicitação efetuada ao governador do Estado, de incluir esses profissionais no grupo prioritário de vacinação contra a COVID-19.

O pedido foi feito através de ofício protocolado nesta terça-feira (2) no Palácio Piratini, a partir de demanda recebida pelo parlamentar de servidores da Secretaria da Agricultura e do Ministério da Agricultura, com o apoio do Fundesa, devido à exclusividade da atividade, que está ligada diretamente à saúde pública.

“esses servidores operam na linha de frente junto às suas respectivas áreas de trabalho, sua atuação presencial não é possível de ser interrompida, visto que a mesma refere-se à produção, inspeção e fiscalização de alimentos, considerada atividade essencial”, frisou o Ernani Polo.

O parlamentar completou ainda afirmando que “uma vez inviabilizadas as atividades desses profissionais, poderá ocorrer um colapso no abastecimento de alimentos à população gaúcha”, finalizou.

A demanda já conta com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gabriel Souza.