Pedido recebido pelo parlamentar de diversas associações de municípios foi entregue nesta sexta feira ao chefe da casa civil

O deputado estadual Ernani Polo entregou, nesta sexta feira (12)  ao chefe da casa civil, Artur Lemos, documento recebido pelo parlamentar de diversas associações de municípios, como das Associações dos Municípios da Fronteira Oeste, (Amfro), dos Municípios do Centro do Estado (Amcentro), dos Municípios das Missões (AMM), dos Municípios da Fronteira Noroeste (Amufron), dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja) e outras entidades e administrações municipais, solicitando que o governo possa rever o sistema de cogestão.

A iniciativa visa permitir que os municípios possam dividir com o executivo estadual a responsabilidade na flexibilização das atividades da indústria, comércio e serviços, mediante o cumprimento de protocolos, e também na fiscalização e controle das ações frente a pandemia.

“Assim como já fizemos ano passado, quando estávamos a frente da presidência da Assembleia Legislativa, mantemos a preocupação prioritária com a saúde da população, mas também nos manifestamos atentos às necessidades do efetivo funcionamento dos setores do comércio, indústria e serviços de nossa economia, para manutenção do trabalho e dos empregos. Neste sentido, entendemos que, devidos às restrições elencadas no decreto atualmente em vigor, os municípios, que já demonstraram condições de adotarem medidas sanitárias necessárias em suas localidades, por conhecerem de perto a mesma, podem novamente fazer parte das decisões em parceria com o governo do Estado”, saliente o deputado.