Parlamentar ressalta difícil situação dos setores produtivos do RS

Em reunião virtual ordinária da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa o deputado Ernani Polo ressaltou a necessidade da retomada do sistema de cogestão, para que as administrações municipais possam também, ao lado do Estado, fiscalizar e tomar ações no enfrentamento da Pandemia, ressaltando a difícil situação dos setores produtivos do RS.

“ A situação está muito difícil para todo o setor produtivo. É claro que temos a preocupação com a saúde, porém vemos que há grande falta de cuidado também por parte da população, com festas clandestinas, aglomerações e quem sofre as consequências é toda a sociedade. Estamos todos angustiados com esta situação, vendo a dificuldade nos atendimentos em saúde e falta de estrutura para isso, mas a paralisação das atividades provoca uma consequência muito dramática para quem precisa manter seu negócio aberto para obter uma renda mínima”, ressalta o deputado.

O parlamentar relatou ainda que muitas pessoas estão ficando doentes mentalmente e fisicamente, com os prejuízos nos negócios. “Temos realidades de pequenos comércios onde muitas compras são realizadas no crediário, com o cliente pagando na própria loja, que usam os protocolos adequados e estão sem poder abrir. É necessário um equilíbrio, nem liberar geral, nem fechar tudo. Precisamos ter responsabilidade e maturidade, junto com o governo do Estado para esse equilíbrio para uma retomada dos setores atingidos”, destaca Ernani Polo.

Outra questão levantada pelo deputado na reunião da Comissão é a possibilidade de uma campanha de conscientização para educar as pessoas no agir frente a Pandemia envolvendo o exército, iniciativa já levantada pelo parlamentar ano passado, enquanto presidente da Assembleia Legislativa. “ Já sugerimos ano passado o uso do efetivo do exército para essa finalidade, que é grande e está disposição para, no sentido de conscientizar as pessoas para usar máscara, não se aglomerar, melhorar e ter higiene em suas casas. Seria uma grande contribuição”, finaliza o Parlamentar.